Coffee Shops - Holanda


-->

Acabou-se o que (não) era doce...

Problemas econômicos e tráfico ilegal à parte, aconteceu o que eu já, sem querer, previa: a restrição de funcionamento dos Coffee Shops na Holanda. O governo quer restringir o acesso aos estabelecimento apenas aos holandeses e estrangeiros residentes. Vão funcionar como clubes fechados, para o desespero dos proprietários.

Não se deixe enganar pelo nome, tudo bem que você pode até achar café lá dentro, mas esse não é o carro-chefe do estabelecimento. Ao andar pelas ruas de Amsterdam você vai ver um a cada 200 metros com os tipos, fachadas, tamanhos e nomes dos mais variados. São nesses coffee shops que você pode/poderia comprar sua macoinha legalizada (e outros artigos do gênero).

Lá dentro é um bar/pub como um qualquer, com uma música não identificável rolando, pessoas meio estranhas, sinuca, junkbox, suco de laranja (o melhor do mundo) e o “cardápio da alegria”. Tinha de todas as potências, quantidades e arte finalização. Só entravam pessoas maiores de 18 anos, era proibida a venda de bebidas alcóolicas e o que você fosse consumir lá dentro, ia ficar lá dentro. Tecnicamente não é permitido o uso de drogas no meio das ruas, mas na prática, vira e mexe, você vê no banco da praça um fulano enrolando qualquer coisa num papel de seda (aconteceu comigo). Também é comum transitar nas ruas e sentir, em algumas variações de odor, aquele cheiro característico dos shows na Tenda na UNB, quer dizer, da cannabis. O problema é que você anda com uma fome de lascar a viagem toda...


Esse “Turismo do baseado”, como eu mesma já tinha dado minha impressão, não funciona muito bem para aquele espetáculo de cidade. Apesar de atrair muitos turistas justamente por conta dessa situação, essa liberação toda de drogas, e prostituição, quebra o clima que a cidade, no caso Amsterdam, nos proporciona. É meio trash mesmo.

Será que depois vão repensar aquela história das garotas na vitrine? A medida de restrição aos Coffee Shops, e consequentemente a sua "menina dos olhos", já entra em funcionamento agora em janeiro de 2012. Quem foi, foi. Quem não foi, vai ficar complicado...

Coffee Shops mais famosos: The Bulldog (o mais famoso, e o que eu acho mais indicado nesse caso), Smokey Pooltables - Juicy bar e o Mellow Yellow.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia