sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Sorteio - Um pedacinho da Itália

Que eu voltei da Itália diferente é fato. Não tem como conhecer qualquer cidade daquele país, seja pelo tempo que for, e não sair completamente mudado. Gostei tanto, que além de trazer o máximo de coisas que me fazem lembrar dos bons dias que tive por lá, também trouxe um presente para sortear aqui no blog e fazer com que você também tenha um pedacinho da Itália na sua casa. 

O presente é um cubo de cristal com impressão 3D de alguns dos principais pontos turísticos de Roma: o Coliseu, a Praça de São Pedro no Vaticano e a Fontana de Trevi. Não consegui tirar uma foto legal, mas é tipo esse que está aí embaixo com o globo.
  


Se você curte e acompanha o blog e quer participar, basta mandar uma mensagem, via Formulário de Contato (disponível na barra lateral direita do blog). 

Na mensagem é preciso ter a sua cidade e dizer como conheceu o blog (e qualquer outra coisa que queira falar também).  




As inscrições para o sorteio vão até o dia 31 de outubro de 2014 e o resultado sairá no dia 01 de novembro de 2014. Será atribuído um número por ordem de envio de inscrições, e o vencedor será escolhido através desse número de forma randômica.



Bom, o presente é simples mas ocupou lugar na mala, pesou nas minhas costas e ainda por cima é do estrangeiro. Participe!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Caso: Corrida com obstáculos e malas na Alemanha

Da Série Cuidado na Estrada!





Pense numa pessoa desmantelada, essa pessoa sou eu. Essa história é maravilhosa e aconteceu na Alemanha, especificamente na viagem noturna de trem entre Berlim e Colônia (Koln). Esse foi o único trem que compramos bilhetes para cabines privadas. Eram cabines para seis pessoas (privada pra caraca) e que por um acaso eu não indico. Achamos nossa cabine (que já estava lotada), foi um caos acomodar nossas bagagens (dois mochilões e mais algumas malas de rodinha) e tentar relaxar (a pretensão era dormir) sentadas com aqueles 4 estranhos no mesmo ambiente. 

Numa certa hora os estranhos desceram e ficamos somente eu e minha prima Clarissoca na cabine, não hesitamos em deitar nos bancos transformando-os em camas. Não imprimimos o itinerário das estações para sabermos mais ou menos quando deveríamos descer, então o esquema era ficar de olho nas placas todas as vezes em que o trem se aproximava de uma estação. Ou seja, saberíamos onde descer apenas quando o trem estivesse parando, de fato, na nossa parada. O tempo para embarque e desembarque é muito curto, é meio que um "salve-se quem puder". Decidimos dormir em turnos, porque alguma das duas deveria estar acordada para saber em qual daquelas mil estações que parávamos era a nossa. 

Eu estava no meu turno de sono sonhando com nuvens e algodão doce. Senti "do nada" uns tapinhas no ombro. Era a Clarissa dizendo: “É aqui!”. Essa foi a largada! Eu - sendo observada em silêncio pela minha prima - levantei (ainda dormindo) e em frações de segundos, sem hesitar, vesti meu casacão de frio, enrolei o cachecol no pescoço, coloquei minha mochilona nas costas, peguei as duas malas de rodinha (uma em cada mão) sai andando para porta de saída do trem e pulei! Pulei. Minha prima continuou de longe só observando. Tinha dois degraus para sair, eu pisei em apenas um e saltei direto na plataforma. Como estava com a mochila de num sei quantas arrobas nas costas, desestabilizei, sai cambaleando uns 500 metros, joguei a mala da mão direita pra um lado, a da mão esquerda para outro e tentei um malabar com a mochila nas costas. 

Infelizmente tinha um rapaz no meio do caminho. Ele estava ali tranquilo quando a porta do trem abre e sai uma louca jogando coisas para todos os lados. Ele ficou apavorado, não sabia se pegava minhas malas, se me acudia ou se saia do caminho. Acho que depois dessa loucura eu acordei de verdade. 

Depois da cena, sai minha prima na maior calma e devagareza do mundo que nem uma lady do vagão se matando de rir de mim, das minhas coisas espalhadas por todos os lados e do pobre rapaz que teve uma descarga forçada de adrenalina pelo corpo. E foi assim que eu aprendi a jamais intercalar degraus de escadas, principalmente com um mochilão na coluna, e a descer que nem gente de um trem na Europa.





sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Tivoli, na Itália



Tivoli é uma cidadezinha que fica ali nos arredores de Roma, é super pequena, tem no máximo 50 mil habitantes e é uma graça de cidade. É o tipo do lugar que a gente vai quando já está há alguns dias em Roma e entende que tem tempo sobrando. 

Para chegar em Tivoli é preciso pegar o metrô e descer na estação Monte Mammolo, lá é possível comprar a passagem e pegar o ônibus da empresa Cotral. Custa bem baratinho, tipo uns 3 euros e as paisagens são bem interessantes. 

O que fizemos e achei super bacana foi conhecer a Villa d'Este que é um palácio de uma família de bastante representatividade. É possível visitar os aposentos, salas, ver pinturas e a arquitetura dos cômodos. Mas a cereja do bolo está no jardim que é super bem cuidado e é conhecido como o jardim das "cem fontes". Como fica na parte alta de uma montanha, ainda proporciona uma vista linda.

Vale a visita! Mas é um passeio que dá para fazer em uma manhã. Aproveite para depois dar uma andada pelas ruas da cidadezinha medieval, comprar uns souvenirs e almoçar em algum dos charmosos restaurantes que existem pela redondeza. 

A volta para Roma foi meio punk, pois todos os ônibus saiam muito lotados (impossíveis de subir). Tivemos que andar até as paradas anteriores para conseguir pegar o ônibus dignamente. O legal foi poder ver mais um pouco de Tivoli nesse meio caminho. 


Tivoli - Itália    Viagem: 2014 (maio)


quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Sorteio - Um pedacinho da Itália

Que eu voltei da Itália diferente é fato. Não tem como conhecer qualquer cidade daquele país, seja pelo tempo que for, e não sair completamente mudado. Gostei tanto, que além de trazer o máximo de coisas que me fazem lembrar dos bons dias que tive por lá, também trouxe um presente para sortear aqui no blog e fazer com que você também tenha um pedacinho da Itália na sua casa. 

O presente é um cubo de cristal com impressão 3D de alguns dos principais pontos turísticos de Roma: o Coliseu, a Praça de São Pedro no Vaticano e a Fontana de Trevi. Não consegui tirar uma foto legal, mas é tipo esse que está aí embaixo com o globo.
  


Se você curte e acompanha o blog e quer participar, basta mandar uma mensagem, via Formulário de Contato (disponível na barra lateral direita do blog). 

Na mensagem é preciso ter a sua cidade e dizer como conheceu o blog (e qualquer outra coisa que queira falar também).  




As inscrições para o sorteio vão até o dia 31 de outubro de 2014 e o resultado sairá no dia 01 de novembro de 2014. Será atribuído um número por ordem de envio de inscrições, e o vencedor será escolhido através desse número de forma randômica.

Bom, o presente é simples mas ocupou lugar na mala, pesou nas minhas costas e ainda por cima é do estrangeiro. Participe!

Como escolher seu hotel em Las Vegas

Sempre ouvi dizer que a hospedagem em Las Vegas é um item muito fácil de resolver, porque são muitas opções e, portanto, acaba sendo ...