Pular para o conteúdo principal

Postagens

Viagem com bebê - check list do que levar na mala

Quando a gente marca as férias não cai a ficha da parte trabalhosa que é organizar as malas de todos para a aventura, principalmente, quando é a nossa primeira vez com um baby. Pois bem...a dica principal é começar a organização com antecedência, tipo abra uma mala no quarto uma semana antes do embarque e vá jogando lá dentro tudo que for lembrando. Lembre-se que você vai precisar levar tudo da rotina com seu filho(a) e são esses itens que vão deixar tudo mais pesado e volumoso. No nosso caso, fomos para praia então, além de tudo, ainda tinha todos os apetrechos praianos. Outra dica é dar uma olhada na previsão do tempo sobre o clima porque essa com certeza será a mala do “ Vai que... ”. Vamos para praia mas vai que dá um vento no fim do dia? Vai que rola uma chuva de verão? Vai que tem muito ar condicionado nos lugares fechados? Vai que anoite faz mais friozinho?  Vai que... então além das roupas de verão, vale a pena levar umas coisas de inverno (e vice e versa). Coloque na mala
Postagens recentes

Viagem com bebê - Itens para levar

         Vou listar aqui as dicas que acabei recebendo e que descobri na prática de coisas importantes e que ajudam demais a gente na rotina com baby na praia/viagem. Brinquedos de água Aqueles copinhos de encaixar e brinquedinhos de borracha ou plástico são ótimos pra praia principalmente pois se caírem na areia são fáceis de lavar (se tiverem alças melhor ainda por que dá pra amarrar e não ficar caindo na areia o tempo todo). No caso de crianças maiores, aqueles kits de baldinho e apetrechos é sucesso total.  Prendedor de chupeta Essa alça é ótima para amarrar em algum brinquedo e não ficar na nóia de ficar vigiando para não deixar cair na areia. Aqui não usamos chupeta então improvisei uma alça de uma bolsa.  Brinquedos para avião/carro/restaurantes Separe também brinquedos específicos para entreter no avião e no carro. Além de brinquedos, separamos uma garrafinha de água que foi sucesso para ele ficar mordendo (sim, Fischer Price que lute). Tem uns bem legais com ventosas (ache

Primeira viagem com bebê para praia - Dicas

  Devido a todas as questões de saúde relacionadas ao covid e à maturidade corporal de um bebê, resolvemos levar o Theozinho pra conhecer o mar com 6 meses (levando em consideração a liberação de uso de protetor solar pela pediatra, desenvolvimento da coluna cervical, maturidade para aguentar o incômodo no ouvido nos voos, etc). Escolhendo o destino Essa parte não foi fácil pois listei uma série de pré-requisitos necessários para encontrar a praia quase perfeita. Meus principais critérios foram: 1. Capital com no máximo 2h de voo (sem conexões/escalas e dentro do Brasil); 2. Praia próxima do aeroporto/com logística simples (já sabia que as melhores praias não estão nas capitais então teria que fazer um percurso de carro); 3. Praia com temperatura mais quente (já sabia que seria no nordeste); 4. Praia com água clara/degradê (queria algo bem bonito e especial); 5. Praia sem muita alga, sujeira, histórico de água-viva, tubarão, etc; 6. Praia com hotel pé na areia para hospedagem; 7. Pra

Caso: Perdendo a escala da Copa Airlines no Panamá

Da Série Cuidado na Estrada ! Depois de todo transtorno que tivemos para chegar em Aruba saindo do Panamá , chegou a hora de encerrar a viagem voltando para Brasília, porém, tendo que novamente passar pelo mesmo caminho da ida. Já fazendo trocentas orações para o nosso voo pra casa não ter overbooking, fomos surpreendidos por mais uma gracinha do destino. Estávamos no aeroporto de Aruba aguardando o embarque para o Panamá quando vimos uma movimentação estranha e recebemos a informação de que nosso avião apresentara um problema que estava sendo resolvido pela equipe de mecânicos. Até aí tudo bem, essas coisas acontecem. Nos deram uns vouchers de alimentação e todos do voo fomos para praça de alimentação. Depois de algumas horas, quando nos foi informado que o problema tinha sido resolvido percebemos que claramente perderíamos nossa escala para o Brasil. Lá vem treta de novo! O avião decolou, chegamos no Panamá e lá estava aquela confusão generalizada de pessoas que também perderam suas

Caso: Cadê minha mala em Aruba?

                                                          Da Série:  Cuidado na Estrada ! Já não bastava todo perrengue para gente chegar em Aruba ( leia aqui ), assim que desembarcamos aconteceu aquilo que a gente mais teme na frente da esteira de bagagem: minha mala não veio! Obviamente na bagunça generalizada que a Copa Airlines fez no aeroporto, como entramos no avião nos 47 min do segundo tempo , eles não acharam minha mala para socar ela no porão do avião. Sim porque além do nosso pânico em conseguir uma poltrona no avião, levar a mala junto já seria sorte demais...(ainda por cima tendo que estabelecer os diálogos em espanhol).  Cheguei em pleno verão caribenho sem nada compatível com esse clima para usar. Eu cometi o leve vacilo de não obedecer as dicas básicas que dizem para deixar na mala de mão algumas coisas de emergência caso você seja o felizardo sem malas do rolê. Uma hora ia dar merda né... Ainda no aeroporto, fomos até o balcão da cia aérea para reportar a ocorrência.

Caso: Copa Airlines e a loteria dos infernos do overbooking

 Da Série: Cuidado na Estrada ! Esse relato vai diretamente para as pessoas que vão viajar para alguma das Américas com a cia aérea panamenha Copa Airlines, principalmente, nos voos que fazem escalas no famigerado aeroporto da Cidade do Panamá. O aeroporto em si é um querido, com super lojas e boa infra justamente porque acaba sendo o destino de praticamente todos os voos dessa companhia. As minhas passagens por esse aeroporto foram em viagens que fiz às ilhas do Caribe ( Cancún e Aruba ) e Miami . O que acontece em praticamente toda troca de escala da Copa é o odioso/temido/lazarento overbooking. Sim, vc tá lá pleno e ansioso para chegar na praia e recebe uma chamadinha no serviço de som. Vai atrás pra saber o que houve e te avisam que não tem lugar pra você no avião e que você vai ter ir no próximo voo (que geralmente é no dia seguinte) e dane-se seus planos e reservas. Detalhe: mesmo que vc tenha feito check-in online antecipado e ter efetuado a compra da passagens com anos de ante

Rio Quente Resorts: vale a pena ir?

Antes do Theozinho nascer voltamos ao Rio Quente Resorts para acalmar a alma e equilibrar a mente nas águas quentes do maravilhoso rio Quente.  Localização e distância Para quem não conhece, a Pousada do Rio Quente (ou Rio Quente Resorts) fica na cidadezinha de Rio Quente que fica coladinha em Caldas Novas-GO. De Brasília, demoramos cerca de 4h dirigindo até lá (uns 310 km). A dica é ir por Luziânia, parar na Quitanda São Judas Tadeu para comer uns salgadinhos deliciosos, e comprar polvilho na saída da cidade de São Miguel do Passa 4. Custo-benefício Se você der uma pesquisada nas principais opções de hoteis/resorts de categorias superiores aqui nos arredores de Brasília, vai perceber que os valores são bem altos ( Tauá Resorts em Alexânia, hotéis fazenda, pousadas boutiques na Chapada dos Veadeiros, Pousada dos Pirineus e Pousada do Comendador em Piri...). Os diferenciais são locais que disponibilizam piscinas de água quente ou não, privativas ou não, que possuem os regimes de pensão