Köln / Koeln/ Cologne / Colônia




Eu descobri mais uma cidade no mundo na qual eu moraria! Já começo a falar assim dessa cidade maravilhosa. É a quarta maior cidade da Alemanha e é banhada pelo Rio Reno. Ela foi uma das sedes da Copa do Mundo de 2006 e pelo que deu para perceber é uma cidade de gente bem rica, dá pra ver pelos carros de luxo e as lojas das grifes mais famosas do mundo. Ela tem todo um climinha de cidade pequena (aqueles condados dos filmes), uma atmosfera apaixonante! Rota obrigatória pra quem pretende visitar a Alemanha.


Escolhemos Colônia principalmente por ser uma das cidades que tem a tradição de comemorar o carnaval. Eles celebram nos mesmos dias que nós aqui no Brasil e preciso dizer que achei o máximo. Eles montam estruturas de arquibancada e enfeitam a cidade toda. É uma festa imensa e todos contam os dias o ano inteiro para a chegada dessa época (apesar do frio). Todos vão para as ruas com um único intuito: beber cerveja! São 3 dias frenéticos de comemoração nas ruas com todos muito bem fantasiados, e são as fantasias mais bizarras tipo palhaço, pato, cachorro...etc. No quarto dia parece ser feriado pois poucas coisas estão abertas e você não vê muita gente nas ruas (parece que estão todos se recuperando do que houve nesses 3 dias). Na TV, tem uma programação bem tosca de um programa de auditório onde a platéia está fantasiada e participam de uns concursos, musicais...parece aqueles programas dos anos 70 da nossa TV. Coisa de louco!


A gente andava pela cidade e via só a "sujeira" do carnaval, tinham umas garrafinhas jogadas pelas ruas que sempre despertaram minha curiosidade, peguei uma no chão e cheirei: era algo doce com alguma coisa de vodca, creio eu (depois descobri que era uma bebidinha alcóolica bem docinha que deve ser tomada duma vez só). Virava e mexia, você via pegando o metrô ou o ônibus algumas pessoas ainda fantasiadas, e era super normal...rimos bastante. Conhecemos algumas pessoas nativas e conversamos bastante sobre o carnaval. Descobrimos que acontecem uns desfiles com carros alegóricos (nada comparado com o Rio) e o pessoal bebe "como se não houvesse amanhã" usando uns colares com pingentes tipo uns brasões, e em uma certa hora o pessoal dos carros jogam para platéia doces (???). Pena que não pudemos ver isso tudo acontecendo, por isso tenho motivos mais que plausíveis para voltar em Colônia.


Voltando à cidade (que me conquistou), apesar de ser grande você pode fazer os trajetos andando. Tem o KölnMesse uma das maiores feiras do país (tipo um centro de convenções), o Lanxess Arena o estádio de futebol, a sensacional, magnífica e gótica catedral Kölner Dom (dizem que os restos mortais dos três reis magos estão lá dentro), além dos muitos museus como o Museum Ludwig que têm muitas peças do Picasso e Andy Warhol e o Museu do Chocolate onde os chocolatinhos da Lindt são predominates (a melhor lojinha de museu de todas), também comi muitos pãozinhos de sal que achava pelas bakery espalhadas nas ruas.

A característica que mais me marcou foi a quantidade de ruas de compras que existem por lá: Impressionante! Além dos shoppings fechados, existem centenas de ruas que se cruzam e que são shoppings ao ar livre (com as lojas mais poderosas do mundo) e o melhor: com preços muito acessíveis. Eu adorei e me surpreeendi porque não esperava por isso. Colônia é uma cidade com um padrão de vida muito alto, o metro quadrado custa muito caro e quem não tem tanta condição acaba morando em cidadezinhas vizinhas que ficam a uns 30 minutos do centro da cidade. O sistema metroviário é bem distribuido e funciona com muita eficiência.

A dica de restaurante é o Farms e o bar/restaurante Colinas. A cerveja super famosa de lá é a Kölsch (gostosinha) e as pessoas são bonitas e simpáticas. A parte de diversão noturna tambem é muito boa, tem centenas de opções e muita gente jovem.

Eu simplesmente amei Koln e com certeza voltarei lá todas as vezes que visitar a Alemanha (espero que muitas).

Dicas de balada: aqui.

Colônia - Alemanha      Viagem: 2011 (março).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia