quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Colômbia es realismo mágico



O que dizer de um lugar onde o principal slogan de turismo é "Es realismo mágico"? Pois é, é assim que você começa a montar uma viagem para Colômbia, com esse tipo de incentivo. 

Eu sempre tive uma vontade grande de ir até Cartagena ("O amor nos tempos do Cólera" é meu livro favorito), mas confesso que não conhecia nada, apenas tinha conhecimento de alguns nomes de cidades mas não sabia nada que me fizesse pensar no tal realismo mágico. 

É sempre assim, a gente tem aquele velho preconceitinho, começa a pesquisar e descobre um país incrível e que merece muitos mais dias do que tinham sido planejados. 

A Colômbia é isso, um país com regiões super diferentes umas das outras, de climas completamente variáveis (enquanto faz um frio danado em Bogotá, faz um calor bizarro em Cartagena) e de um povo muito, mas muito, acolhedor. Acho que foi o melhor povo latino com o qual já tive contato (na verdade os peruanos estão no páreo duro). Pessoas adoráveis e apaixonantes. As músicas e ritmos muito contagiantes e divertidos, uma viagem nota mil.

Na minha opinião dá para reservar uns 15 dias (eu fiquei 11) para fazer um roteiro legal, e o melhor é que nem gastamos investimos tanta grana assim.  

Pelo que deu para entender, os principais pontos dos roteiros são: Bogotá, Zipaquirá, Medellín, Santa Marta (não fui porque teria que acrescentar mais dias e porque não sabíamos do seu potencial no planejamento), Cartagena, Barranquilla (não fui porque a pesquisa não apresentou um bom motivo para conhecermos - saber que é a terra da Shakira não foi suficiente) e San Andres

O câmbio vale muito a pena quando trocado lá (não troque no aeroporto ou no Brasil) e não passei por nenhuma situação de perigo por todo tempo da viagem, veja bem, ne-nhu-ma!

Não deixe de comprar uma das típicas bolsas colombianas (depois que vimos a Isabelle Fontana usando uma, entendemos qual o sentido dela na vida), experimente o Antioqueño que é uma aguardente tipo a nossa cachaça (a nossa dá de mil a zero) e que todos bebem nas situações mais variadas - na praia, na balada, etc. Não gostamos muito do gosto e não sentimos nenhum efeito de álcool, mas vai entender...vale a experiência pela diversão.

Resumindo, é uma viagem relativamente barata, para um lugar super perto do Brasil e com opções de entretenimento que valem muito o custo benefício. Indico para todas as pessoas do mundo!

Quer saber mais? Basta clicar AQUI para ler todos os posts desse país maravilhoso.


Leia também: 

Bogotá, na Colômbia
Cayo Bolivar, na Colômbia


2 comentários:

  1. Oi Aline ! Seu blog é MUITO BOM ! Parabéns ! Como te falei, minha viagem pra Colômbia será copy/paste do seu roteiro, hehehehe !! Chance altíssima de ser uma viagem irada ! Obrigado por compartilhar seus conhecimentos turísticos, que serão de grande ajuda ! ;) bjs.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Cayo Bolivar, na Colômbia

Um dos passeios mais fantásticos que já pude fazer numa viagem, sem sombra de dúvidas, foi em San Andres na Colômbia . O passeio maravilhos...