Toledo

Porta de Bisagra

Toledo é uma cidadezinha próxima a Madri (33 minutos de trem na Renfe) que consegue preservar sua maior característica: ser uma cidade completamente medieval. Ela é a capital da Cidade Autônoma da Espanha, a Castilla-La Mancha e em 1986 foi declarada Patrimônio Histórico da Humanidade. É banhada pelo Rio Tejo, o mesmo que chega até Lisboa. É impressionante! É como voltar séculos no passado e aterrizar em qualquer um desses filmes épicos. Como fica muito perto de Madri, é possível ir até lá num dia só e dependendo da sua disponibilidade de tempo, também é possível conhecer o principal em apenas um período do dia. É perfeitamente mais uma daquelas viagens "bate e volta", na qual você vai apenas passar o dia. 

Assim que chegar na estação de trem, pegue um ônibus para o centro da cidade (que é totalmente murada). A entrada é pela Porta de Bisagra, linda e maravilhosa. Passamos pela Catedral de Toledo, os detalhes em ouro do altar e o trabalho do teto são imperdíveis, pela Praça Zocodover, a principal da cidade e ali pela redondeza ainda tem umas lojas mais modernas bem legais (como a Mango e a Zara), e pela Praça do Ayuntamiento, onde tem um posto de apoio aos turistas. Lá eles te dão mapas da cidade e ainda marcam os principais pontos a serem visitados com a maior simpatia do mundo.

Não deixe de experimentar um item da culinária local, que é o souvenir mais famoso do pedaço, os Mazapanes. Um doce árabe, feito artesanalmente, de açúcar e amêndoas. Eu não curti muito, mas também não sou parâmetro para isso (não me leve em consideração). 

Assim como a arquitetura, até os souvenirs encarnam o clima medieval, são armas, escudos, espadas e armaduras de cavalheiros. É super bacana. As vistas panorâmicas são te tirar o fôlego com as várias pontes que circundam a cidade e o Rio Tejo.

Na estação de trem de Toledo existe um restaurante/bar que tem uma promoção imperdível: um balde com 5 longnecks da cerveja San Miguel por míseros 4 euros. Enquanto espera seu trem de volta para Madri, não custa nada (aliás, custam míseros 4 euros) se sentar lá e curtir o calor.

Não se esqueça de levar para a viagem sua carteirinha de estudante (a internacional ou a comum). Em praticamente todos os lugares que fomos, que cobrava a entrada, nossas carteirinhas regulares do Brasil foram aceitas e pagamos bem mais barato.


Toledo - Espanha  Viagem: 2012 (agosto)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia