Sevilha, na Espanha

Resultado de imagem para sevilha

Sevilha é a cidade que mais expressa tudo que o ritmo mais famoso da Espanha, o flamenco, traduz. É uma cidade que mescla o antigo com o moderno. Atravessando as pontes e chegando até os bairros mais periféricos a quantidade de casas de flamenco são imensas e a cultura cigana mais enraizada. O espanhol deles é um pouco diferente dos outros, é como se fosse o nosso sotaque aqui pelas diferentes regiões do Brasil.

Em Sevilha nos hospedamos no Oasis Hostel Seville, de longe um dos albergues mais legais que já fiquei. A localização era boa, as opções de atividades das mais variadas, a infraestrutura muito bacana, fora o terraço com uma piscina bem convidativa.

O sistema de transporte é mais do que completo, você tem opção de metrô subterrâneo e de superfície (bondes ou comboios), bicicletas para aluguel, táxis, ônibus coletivo, carruagens, aeroporto e ainda os trens de longa e média distância da Renfe. Como a maioria das ruas são bem estreitas, muitas vezes você terá que descer do ônibus ou táxi na pista principal e fazer o resto do trajeto a pé.

Chegamos na estação de trem e pegamos um ônibus para a Plaza Del Duque de la Vitoria. De lá até o hotel, dava para seguir andando. Nessa praça tem uma loja El Corte Inglés (a maior loja de departamento da Espanha), uma Zara e uma Sferic. É uma praça interessantíssima. Continuamos andando pela Rua Alfonso XII e chegamos na La Campana, uma espécie de praça com vários cafés e restaurantes. Conhecemos a Plaza Mayor "Las Setas" que tem o complexo arquitetônico, Metropol Parasol. Uma cobertura muito bacana que abriga no seu topo um mirador de toda cidade e vários restaurantes. Vá no pôr-do-sol que é imperdível.

Passamos pela Catedral Santa Maria de Sevilha (a maior do país e o terceiro maior templo do mundo) e subimos os seus 34° andares (eram rampas)  para chegar ao topo da Giralda (torre mais alta da catedral), nela está o corpo do Cristóvão Colombo. Em frente a ela está a fonte da Plaza Nueva. Passamos pela Av. de la Constituición (uma das principais naquela região), visitamos os Jardins Reais de Alcázar (pertencente à Familia Real da Espanha). A Núbia lavou a mão na fonte em frente ao Archivo General de Índias, prédio no qual está guardado o Tratado de Tordesilhas. Ainda, perambulamos pelo Parque Prado de San Sebastian e pelo Parque Maria Luísa, considerado o "Central Park" da cidade. Dentro do Maria Luísa, está a Plaza España, de longe a praça mais linda que conhecemos no país inteiron (e talvez da minha vida). Lá foi gravado o filme Star Wars: a Guerra dos Clones. É linda demais, presença obrigatória.

Depois pegamos o Passeio de las Delicias, nas margens do Rio Guadalquivir e chegamos ao Museo Maritimo Naval Tore del Oro, a vista lá de cima é bem bonita. Mais adiante, estava a Plaza de Toros de Sevilla, na qual ainda é possível assistir corridas de touros (touradas) - programa que foi limado do nosso roteiro com o maior prazer. O mais legal dali, são os barzinhos tradicionais que tem uma série de tapas (petiscos) típicos e bebidas regionais, como o Rebujito. Não deixe de prová-lo! É a melhor bebida da Espanha, na nossa opinião. Aproveite a oportunidade e coma um kebab que leva um molho muito bom de iogurte, você vai encontrar na Calle Santa María la Blanca no Kebab-Shawrma-Falafel, e também, tome algumas sangrias em algum barzinho ou restaurante ali da região.

No próprio albergue você vai conseguir várias informações sobre os shows e apresentações de flamenco. Alguns são caros, outros mais acessíveis e alguns até de graça. Têm opções com jantar ou não, e uns mais tradicionais e mais modernos. Assistimos ao show que foi feito para o pessoal do nosso hostel no restaurante La Decana, também na Calle Santa María la Blanca.

Não se esqueça de levar para a viagem sua carteirinha de estudante (a internacional ou a comum). Em praticamente todos os lugares que fomos, que cobrava a entrada, nossas carteirinhas regulares do Brasil foram aceitas e pagamos bem mais barato.


Sevilha - Espanha  Viagem: 2012 (julho)


´Assista: Encontro Explosivo, Star wars: o ataque dos clones, Missão Impossível 2.
  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia