Balada em Cusco, no Peru

Cusco é uma cidade, dentre todas as outras coisas, muito legal porque reúne muita gente jovem e de todas as partes do mundo (se exagero). São muitos hostel espalhados por toda parte e na mesma proporção as opções de diversão noturna. 

Basicamente fica tudo ali nos arredores da Plaza de Armas e durante a noite você é constantemente abordado por promoters distribuindo pulseiras de acesso liberado. A partir da meia noite os locais já estão cheios, porém, muitos hostels fazem festas (como o nosso: Loki Hostel) e o pessoal só parte para as baladas depois delas.

Pelo o menos no inverno o frio é muito hard, então use taxi para ir e voltar para casa. Na porta das baladas é super fácil pegar um deles (que são bem baratinhos). 

Os preços da balada são bem tranquilos. No hostel um carinha havia me dito que a entrada para brasileiros era free (para homens e mulheres), não posso dizer que em todas são assim, mas realmente nas que fomos deu certo. Dica: na entrada fale português bem alto ou simplesmente diga logo que é do Brasil. 

A balada em Cusco é muito engraça porque é bem animada (e lotada) mas não dá para se jogar muito na pista de dança porque senão rola um afogamento básico. A falta de oxigênio afeta diretamente a performance na night. Movimentos leves sempre serão a melhor opção.

Se você for numa época de calor, tente descobrir festas ao ar livre que na minha opinião devem ser mais suportáveis do que em lugares fechados (é permitido fumar na balada). 


Mama África Club (Portal de Panes, 109, 3° andar, Plaza de Armas)

Mama Africa Club
Essa talvez seja a baladinha mais citada sobre Cusco e está facilmente localizada na Plaza de Armas. Basta chegar na entrada, dizer que é brasileiro e subir sem pagar nada. Lá dentro não é muito grande e fica completamente abarrotado (não tem ar condicionado e é permitido fumar). A música varia entre coisas atuais e coisas muito velhas mas que fizeram sucesso e animam o pessoal. Rolam momentos nostalgia engraçados. A cerveja é dose dupla até as 23h. Foi bem divertido mas não deu para suportar muito o cigarro num local tão fechado e quente (lá fora faltava nevar, e lá dentro muito calor). Rola uma chapelaria para guardar casacos por 1 sole. Não ficamos até altas horas da madruga mas foi divertido enquanto durou. 


Mushroom Lounge Bar (Portal de Panes, 109, 2° andar, Plaza de Armas)

Mushroom Lounge Bar

O nome pode até assustar mas o Mushroom é muito legal e gostoso. Ele está no andar logo abaixo do Mama Africa e a mudança de ambiente é muito radical. Aqui é muito mais confortável e agradável. É um lugar mais para sentar e conversar, jogar uma sinuca e curtir o DJ. A vista é linda para a Praça de Armas e fica cheio de gente jovem e de toda parte do mundo. Também não custou nada para entrar. Eu curti. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia