Dachau

"O trabalho liberta"

Ir até Dachau foi um daqueles momentos “tristeza” da viagem. É uma cidadezinha que fica bem próxima a Munique. Pegue um trem na estação central (hauptbahnhof) e em cerca de 30 minutos depois já está lá. O desembarque é na pequena rodoviária e é possível se dar conta do tanto de gente que acaba incluindo Dachau em seus programas turísticos.

A cidade é uma gracinha, bem limpa, arborizada e com muitas lojas e restaurantes (até engarrafamento eu vi). O principal atrativo da cidade é o Campo de Concentração de Dachau, várias linhas de ônibus chegam até o campo (o primeiro a ser construido e modelo para os demais).

A entrada é gratuita e existem passeios audio-guiados. A sensação de entrar não é nada boa. Eu me senti mal por várias vezes, principalmente quando estava dentro do prédio das celas de castigo. Tem muita foto, áudio, é possível entrar nos alojamentos, no pátio, no crematório...Tem algumas capelinhas e uns monumentos em homenagem às vítimas. A foto mais tirada é a do portão de entrada que traz os dizeres: "O trabalho liberta". É inimaginável a crueldade que aconteceu ali, o frio, na minha opinião, já foi severo o bastante com todo mundo.

Você pode tirar um período do dia para essa visita. Foi chocante mas não me arrependi de ter ido em nenhum segundo.


Dachau - Alemanha      Viagem: 2011 (março).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia