Cartão de vacina Internacional para viagem



Se você marcou viagem e alguma vacina é necessária para se adentrar ao destino, é muito importante saber que não basta apenas tomar a tal vacina, é preciso, ainda, que seja feito o seu cartão de vacinas internacional. Eu já toquei nesse assunto num outro post, mas a vale a pena reforçar a informação. Até porque a vacina pode ser exigida mesmo que seja para conexões (como é o caso do Panamá). Geralmente a exigência mais comum é a da febre amarela (relaxa que tomei esses dias e confirmo que não dói nada). 

O tal cartão internacional é chamado de Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) e deve ser feito nos postos específicos da Anvisa da sua cidade (encontre aqui). Em Brasília, o posto fica no Aeroporto Presidente Juscelino Kubistchek e funciona das 8h ao meio dia, e das 13h às 17h (de segunda a sexta). 

Antes de ir até lá, é preciso fazer o cadastro no site do viajante da Anvisa, e comparecer com um documento com foto. Também é preciso se atentar ao fato de tomar a vacina no prazo estipulado antecedente ao embarque para não ter "dores" de cabeça adicionais e complicar o início das férias. 

Vai viajar e está na dúvida sobre que vacina é ou não obrigatória? Palma, palma...é só fazer a pesquisa no site da Anvisa e descobrir tudinho nos mínimos detalhes. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Balada em Punta del Este, no Uruguai

Balada em Cartagena de Índias, na Colômbia