Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

It's smarter to travel in groups

Imagem
Viajar sozinho ou em grupo? Eis a questão. Para ajudar nesse infinito debate (entre você, você mesmo e você) assista a esse vídeo sensacional que trata do assunto, e traz belos argumentos à favor das viagens em grupo: segurança, parceria, cumplicidade...
Além de eu ter amado a peça por questões publicitárias à parte, particularmente, me foi muito útil. 







Caso: malas de mão para NY

Imagem
Da Série Cuidado na Estrada!


O mais legal de se planejar uma viagem é programar os passos, conhecer mais a cidade que vai ser visitada e prever ao máximo todos os imprevistos, certo? Certo! Realmente é lindo fazer um bom planejamento e embarcar na viagem tranquilo e em paz. E eu posso dizer que é muito mais gostoso quando você carrega sua família.
A história da vez é sobre minha viagem com a family para Nova Iorque, fomos passar a virada do ano em Times Square. Antes disso, fizemos um pit stop digno em Miami, onde também tenho família para dar uma "olhada" no movimento das lojas e depois "ir ver" o vái-e-vem de Orlando. Mas voltando ao post...comprei passagens para todos de Miami para NY aqui do Brasil e tudo estava andando conforme os conformes.

Um dia antes de embarcarmos para a tão esperada NY minha prima que mora em Miami me pergunta sobre as malas: qual tamanho, peso e preço. Preço? Não tem essa de preço, cada um tem direito a uma bagagem de mão e duas despac…

Quem não pensa nisso?

Imagem

Zoo Luján de Buenos Aires: a pior coisa para se fazer na vida

Imagem
Eu geralmente sou muito tolerante e faço a política "boa praça" na maioria dos meus textos, mas dessa vez, assim como escrevi sobre as touradas, não vou pensar direito nas palavras que vou usar para escrever sobre essa história bizarra de visitar o zoológico ferrado de Buenos Aires. Dessa vez, o post vem com uma co-autoria básica da minha amiga Ed que esteve lá em janeiro desse ano e tem muito mais propriedade para expor a situação e contribuir na reflexão sobre os limites do turismo.
Como em toda prática, o turismo também possui o "texto básico" dos seus roteiros. As pessoas tem a mania de "fazer o que todo mundo faz", "comer o que todo mundo come", "esfregar a mão na estátua que todo mundo esfrega", até aí tudo bem. Isso faz parte das expectativas de viagem (e imaginário do viajante), todo mundo quer mais ou menos a mesma coisa, todo mundo espera o mesmo, nem mais, nem menos. Mas certas coisas não podem passar desapercebidas aos nos…